Diego Farah


15/07/2018

IX Semana da Conciliação é aberta em Juizado Especial Cível

Foi aberta nesta segunda-feira (24/11), às 10h, no 2º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo, a IX Semana Nacional da Conciliação, mobilização anual que envolve todos os tribunais brasileiros no processo de mediação e solução de conflitos por meio de acordos. Os tribunais selecionam os processos com possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas para solucionarem o conflito. A semana segue até a próxima sexta-feira (28/11). No juizado, que fica na Uema, estiveram presentes diversas autoridades na solenidade de abertura, entre as quais a corregedora-geral da Justiça, desembargadora Nelma Sarney, a presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargadora Cleonice Freire, o presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos do TJMA, desembargador José Luiz Almeida, e o juiz Alexandre Abreu, coordenador do Núcleo de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos. Para o período, estão agendadas no Maranhão 11.870 audiências, lembrando que algumas unidades ainda não informaram o quantitativo de audiências agendadas. No ano passado, no Maranhão, foram agendadas 15.315 audiências. Destas, foram realizadas 15.257, atingindo um dos mais altos índices do país. Entre as unidades que mais agendaram audiências para a Semana Nacional de Conciliação, o destaque ficou para a Vara única de Anajatuba, com 504 audiências. Em Turiaçu, serão 435. Na 1ª Vara de Buriticupu, serão 416. Em São Mateus, estão marcadas 407. Na capital, o 3º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo terá 214 audiências; e o 4º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo, 118. Para o juiz Alexandre Abreu, a Justiça maranhense prioriza a conciliação já há algum tempo. Paternidade - Estão agendadas para o Fórum Desembargador Sarney Costa 882 audiências da IX Semana Nacional de Conciliação. O mutirão do Projeto Reconhecer é Amar, com 14 audiências de reconhecimento de paternidade, também integrará a programação do evento. No Fórum de São Luís, informaram o número de audiências agendadas para a Semana da Conciliação a 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 6ª e 7ª Varas da Família, num total de 470 audiências. Serão realizadas audiências também na 12ª Vara Cível (20); no 1º Juizado Criminal (121); no 3º e no 8º Juizados Cíveis, com 214 e 57 audiências, respectivamente. A 4ª Vara da Família fará também o mutirão de reconhecimento de paternidade, que ocorre sempre na última sexta-feira do mês em uma das sete Varas da Família de São Luís. Para o primeiro dia de atividades da Semana da Conciliação no Fórum da capital, estão agendadas 198 audiências. O Centro de Conciliação que funciona no fórum fará suas audiências no 2º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo (Uema). "É um evento de caráter nacional, envolvendo uma ferramenta fundamental para o bom funcionamento do Judiciário, que é a conciliação. Percebe-se o engajamento das unidades de todo o estado, mesmo sendo o incentivo à conciliação uma constante nas varas e juizados do Mara



Diego Farah
© Copyright 2012 Luiz Infante Advogados Associados - Todos os direitos estão reservados.