Diego Farah


18/07/2018

Sérgio Moro: tentativa de interferência política indica necessidade de prisão preventiva

Juiz da Lava Jato comenta polêmica de possível audiência entre José Eduardo Cardozo e defesa de empreiteiras. Ao negar liberdade a dirigentes de empreiteiras, o juiz Federal Sérgio Moro, da 13ª vara de Curitiba, comentou em despacho as notícias sobre o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo receber advogados das empreiteiras investigadas na Lava Jato. Poder Moro afirma que a polêmica envolvendo Cardozo revela “o poder das empreiteiras e dos acusados” e faz coro às manifestações do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa. Segundo o magistrado que conduz o processo da Lava Jato, a prisão cautelar dos dirigentes das empreiteiras e outros fatos do processo devem ser discutidos nos autos, “pelos advogados constituídos, dotados de procuração, tudo com transparência e publicidade”. Sérgio Moro classifica de “intolerável” os boatos de audiências entre defesa de acusados e autoridades políticas, e alfineta os últimos: “Mais estranho ainda é que participem desse encontros, a fiar-se nas notícias, políticos e advogados sem procuração nos autos das ações penais.” Tentando moderar o discurso, S. Exa. diz que não censura Cardozo, eis que não há prova de que o ministro de Justiça tenha se disposto a atender às solicitações dos acusados e das empreiteiras. “Entretanto, a mera tentativa por parte dos acusados e das empreiteiras de obter interferência política em seu favor no processo judicial já é reprovável, assim como foram as aludidas tentativas de cooptação de testemunhas, indicando mais uma vez a necessidade da preventiva para garantir a instrução e a aplicação da lei penal e preservar a integridade da Justiça contra a interferência do poder econômico.” (grifos nossos) Resposta Sobre o despacho, o MJ divulgou nota à imprensa esclarecendo os fatos e reiterando que a única audiência do ministro Cardozo foi com a defesa da Odebrecht, sobre eventuais irregularidades que exigiriam providências do MJ, que ensejaram a apresentação formal pela empresa de duas representações. Veja a íntegra do despacho do juiz Sérgio Moro. http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI215756,21048-Sergio+Moro+tentativa+de+interferencia+politica+indica+necessidade+de



Diego Farah
© Copyright 2012 Luiz Infante Advogados Associados - Todos os direitos estão reservados.